sábado, 18 de agosto de 2012

Quem é o seu pastor? (discernindo os sinais dos tempos)


O Senhor é o meu pastor e só pode ser assim porque eu sou ovelha do aprisco dele. Embora sua voz seja escutada por tantos outros que transitam pelos pastos, somente as ovelhas que pertencem ao pastor podem ouvir e seguir a sua voz. Há muitas vozes, há muitos pastores. Assim, há de se estar atento com os mercenários, pastores que estão aí para roubar, matar e destruir.

Há pastores que se servem das multidões (estas sempre existirão) e há pastores que se dedicam a servir o remanescente (este sempre resistirá). Aqueles, obcecados pela mass media, seguem levedando toda essa massa; enquanto estes ainda são capazes de se preocupar com uma ovelha só. Mas o meu pastor é o Senhor. E embora sua voz seja ecoada nas campinas e desertos, o pastor busca ovelhas apenas. O pastor não vai atrás das vacas perdidas ou dos cabritos teimosos. Ele é pastor de ovelhas somente. E somente das suas ovelhas, aquelas que ouvem a sua voz e o seguem. O cajado da disciplina, que o pastor não tarda em usar, não se aplica à massa, mas ao remanescente. Entretanto, não só o cajado é para as ovelhas do pastor, como também é reservado somente a elas o seu bordão, a sua proteção dileta. A parábola nunca foi sobre o pastor que vai atrás do lobo ou do cabrito perdido...

O pastor, o bordão e seu cajado. O pai, a proteção e a direção. Os profetas clamavam à massa, mas era o remanescente quem respondia. A massa quer pão. Mas o pastor oferece a si mesmo, sua carne e sangue. A barbárie quer Barrabás... A massa quer o espetáculo do assistencialismo; poucos, entretanto, querem o que o pastor anseia em dar: a excelência da vida eterna. A multidão procura a redistribuição da renda da riqueza dos reinos e palácios, contudo há um resto, um pouco, um toco que habitará na Casa do Pastor para todo o sempre.

Assim, “quem é o seu pastor” será sempre uma indagação diária cuja resposta tem como fim único revelar, tão somente, quem é você: massa ou o remanescente. Então, quem é o seu pastor?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...