segunda-feira, 11 de junho de 2018

Afinal, qual é a nossa luta? (ou "Colocando os pingos nos is")

Os líderes cristãos não estão atacando o gay! E isso precisa ficar muito claro, porque o gay precisa de Jesus tanto quanto eu.
Mas, então, o que estamos combatendo? Paulo já respondeu a essa questão lá em Efésios. A nossa luta não é contra a carne e o sangue (por isso, o alvo dos líderes cristãos não é o gay), mas, sim, a nossa luta é contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais (Efésios 6:12). 
Em outras palavras, a nossa luta é espiritual. Ela é contra a carnalidade depravada que atua através das instituições humanas, manipulando-as: a nossa luta é contra partidos políticos, grupos, corporações, ajuntamentos, igrejas, seitas e quaisquer outras manifestações desta mentalidade revolucionária que usa a opressão coletivista e o ópio da massa contra os indivíduos, tragando a estes no ralo roto da corrupção moral e espiritual. 
Então, o que combatemos? Combatemos, neste caso que estou tratando aqui, a DITADURA GAY. Esta é que tem usado o gay contra ele mesmo, impondo sua ideologia totalitária sobre toda a sociedade. 
É contra essa ditadura que quer dominar o Congresso, o Executivo, o Judiciário, os partidos políticos, as Escolas, as Igrejas, as casas, enfim, que quer atuar na cultura como um todo, é contra essa mentalidade, essa cosmovisão perversa, pagã e idólatra que lutamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...